O que você precura?

segunda-feira, novembro 01, 2010

Minha manicure

unhas feitas por minha manicure 

 Desabafar. Uma coisa que todos nós humanos precisamos fazer. O mundo e as pessoas a nossa volta nos desgastam com o tempo, até mesmo melhores amigos indiretamente conseguem isso.
 Eu dasabafo indiretamente, sem querer. Quando me dou por conta, estou lá a lamentar. Faço isso com minhas amigas, mas para cada uma delas de lamento de algo diferente, não adianta! Com uma choro sobre assuntos cotidianos, com outra sobre grupos sociais que frequento e com a ultima sobre a família. Já mudei esta ordem, porem sempre caio no padrão. Criei este sistema acidentalmente com o tempo, nunca parei para elaborar algo do tipo, seria muita frescura de minha parte.
 As vezes não ocupo os ouvidos delas e vou fazer uma atividade que todas - ou quase todas - as mulheres - e claro, alguns homens - adoram... Fazer as unhas! Você deve estar pensado que eu então converso com minha manicure. Bom, sim eu converso com ela. Mas a minha situação é diferente, pois converso comigo mesma. Sou minha própria manicure, minha própria psicologa. Minha própria terapeuta, minha própria analista e amiga.
 Pode parecer estranho o que vou dizer, permito você achar que sou louca, que tenho dupla personalidade, mas tenho duas ‘eus’ dentro de mim. Sempre troco ideias com a outra Kamyla que exista na minha cabeça, a minha manicure. Essa é a pessimista, inquieta, cara-de-pau, doente, aquela que já perdeu a sanidade e vê coisas satânicas em coisas injenoas.
 Assumo que já tentei mudar, foi dificil, uma grande guerra de personalidade criei e nunca cheguei ao fim disso. E nunca vou chegar. É ótimo poder ter naturalmente uma visão boa e uma satânica dentro de você.  Adoro conversar com a Kamyla sinica e irritada. Faço conflitos pessoais e idiotas. Crio situações inacreditáveis, já que a unica pessoa que irá saber de tudo que se passa na minha vida e com detalhes, minha manicure pirada.

Postagens populares

 

Blog Template by BloggerCandy.com