O que você precura?

quinta-feira, setembro 30, 2010

Modinha!

Em preimeiro lugar peço para que ninguém fique bravo ou algo do gênero comigo, ok? Então agora vou começar.
Bem, o que eu vou falar sobre “coloridos”, “bandinhas”, “modinhas”, enfim, o que mais se vê nas ruas hoje em dia, mas não só nas ruas, é só ligar a TV e puxar os óculos escuros porque PQP! São arcoríses ambulantes, com cabelos ‘Justin Bieber’ falando como se a calça estivesse apertando de mais naquele lugar que você sabe muito bem qual é, ouvindo o novo tal de “happy rock” dizendo que é rock/punk/grunge/metal. É o caramba! Quando alguém fala isso, John Lennon, Kurt Cobain e Jimmy Hendrix se reviram no tumulo, se debatem sei lá, porque isso não é rock e muito menos punk pô! Quer ouvir punk? Ouve Sex Pistols ou algo do gênero, mas para de rotular coisas que não são, obrigado. Pois aquilo é pop, não confunda mais. Um Exemplo:
Depois da música, vou falar das roupas... Ah, alegria, cores! Não, definivamente não. Isso é poluição visual. Quem disse que calça verde limão extra fluorecente combina com uma camiseta roxa (roxo-fundo-de-caixão), tênis laranja e rosa choque (‘rosa choque’ é o antigo nome para ‘rosa pink’, ok?) e para completar esse ser que veio do mundo da fantasia, um óculos new wave! Eh coisa horrivel, sem contar as pulserinhas de fio de telefone (coisa podre, vamos combinar, que graça nisso?) + aqueles relógios coloridos enormes e pulserinha do sexo (wft??!). E se você acha que essa moda começou com Cine, Restart, Hevo 84 (?), você está muito, mas muito desenformado, meu amigo ou amiga ou talvez inimigo, tanto faz, pois agora vou ganhar haters, concerteza. Vamos voltar para o ano de 2006 ou 2007, mas não no Brasil, em Londres com os... SCENE KIDS!
Esses foram os caras e caretas que trouxeram a “moda colorida” e cabelos elaborados, usavam muita maquiagem e tal. Mais ou menos em 2007 e 2008 essa moda chegou, é claro, ao Brasil, haaa magina se não, mas aqui ganhou um novo nome, “FROM UK” ou seja “DO REINO UNIDO”. Nessa época, era tudo mais bonito, não era modinha, era raro (ainda mais na minha cidade) ver alguém com o estilo, e claro, eu queria adotar esse estilo... “Vacilei” e não adotei, só fiquei amando e agora não vou adotar mesmo, depois que virou modinha. Mãããããs alguém sabe de onde saio essa coisa toda de cores? Ignorentes (para os que disseram não ou respoderam errado!). Vamos voltar um pouco lá atrás... Anos 80 e todo seu glamour! Pronto, já falei tudo. Acho que o certo seria dizer: “Isso é tão anos 80” ou vem véz de “Isso é tão Restart” -já disse isso por pura brincadeira, mas sempre me liguei.
Quero esclarecer uma coisa, não estou criticando o carater das pessoas que se vestem assim e sim alguns comportamentos que elas apresentam, pois não vou sair por aí dizendo tipo “são tudo viado, p*tinhos, FDP, vão toma no...” Não! Quero resaltar a modinha em si, só porque sei lá, o Fiuk usou, nossa! O Brasil inteiro usa #tenso. Só porque o Pe Lanza usa aqueles óculos (que eu uso também para tirar foto, -viu?!) todos que usam vão usar a mesma armação. Tenho sabe o que disso? Nojo, a pessoa não pode ver alguém famoso fazendo ou usando algo que ela DEVE FAZER IGUAL. E onde fica a personalidade dessa pessoa? A vontade própria? Acho que ela perde completamente. Mas e quando o artista “sai da mídia” e o moda também? Surge um novo artísta com outra moda então essa pessoa vem coma moda deste novo e assim sucessivamente...
Fico triste de verdade por saber que isso existe, pessoas “perdem” sua identidade em função da mídia (essa pode se dizer que é a “moral da história” disto tudo que acabei de escrever.).
Bom, era isso :) Espero não ganhar haters, não perder seguidores e leitores e muito menos apanhar an rua (yn)’ :D
Beijos e please, COMENTÁRIOS! Críticas bem vidas ;)

4 Comentar:

Thamis disse...

Wou, gostei do q tu escreveu, ainda mais pq explicou para alguns seres q não sabem da onde surgem as coisas. Eu gosto sim de Restart, até curto algumas dessas coisas, o que não gosto é dessa gnt que perde a personalidade, ficam bitolados axando q foram eles que inventaram camisetas, cabelos e talz,(indignação por Fresno!)E acredito que mesmo que talvez hava pessoas que odeeiem isso que tu escreveu, azar, somos um pais democratico e com libertade d expressão e baaastante! Então sejamos todos abertos a criticas, vamos expor o que pensamos, afinal, ninguém é igual a ninguém e seria um porre se fossemos todos iguais não!?
Xoxo =*

Ana_carool disse...

Verdade, tambeém concordo com vc.
Desde quando Restart é rock gente?
é rir para não chorar.
Rock, Rock não é um pop com esses cantores que nem ao menos tem tanto talento assim.
Essas pessoas que imitam tudo quanto é artista tem mais é que ouvir um cresça e apareça!

Beijo
blogloucamistura.blogspot.com

Clara Medeiros disse...

Vou ser bem sincera: ODEIO essas modinhas de calça colorida e talz... Sempre vão sair de moda. Acho chato. :P Mas, a tua postagem ficou ótima. Você merece parabéns!
Falando nisso, eu mudei o meu blog. Reformei por inteiro e agora esta bem melhor. Troca o link-me?

www.shake-girls.blogpot.com

PS: Eu era do blog Clara Medeiros. :)

PLRose disse...

Olha, nada contra o Restart, até gosto um pouquinho (um pouquinho só), mas é realmente ridículo essa histótia de modinha. Eu era um pouquinho colorida porque sou apaixonada por anos 80, mas quando essa modinha pegou eu parei de usar porque não queria contribuir com a palhaçada.

Postagens populares

 

Blog Template by BloggerCandy.com