O que você precura?

terça-feira, março 01, 2011

Jack & Jane

 Jane se apaixonou.
 Parece mentira, mas ela se apaixonou de verdade. Aquela esquisita, sem coração, racional descosbriu o que é o amor.
 O nome dele? Jack.
 Isso lhe pegou de surpresa, quando estava desarrumada e falando besteira. Em uma tarde quente enquanto estava distraida olhando o horisonte, Jack chegou. Ela já o esperava de certa forma, aquele sentimento tinha adormecido profundamente dentro de si, fez isso de propósito até que uma oportunidade aparecesse e eis que apareceu.
 Ao vê-lo instantaneamente seus olhos sorriram, o coração acelerou, os labios se comprimiram. A alegria daquele encontro a tocou, jamais sentira isso na vida.
 - Oi! - Disse ele sorrindo, foi o suficiente para que Jane estremecesse e o abraçasse. Não foi o abraço mais demorado do mundo, mas o suciente para o momento.
 Ela estava muito feliz, iria poder passar algum tempo junto dele.
 Tinham a compania um do outro, por ela, fariam quase tudo juntos e para isso se esforsava, mas disfarçava para os que ao redor estavam (e até mesmo os que estavam longe).
 Jane procurava pistas de que ela poderia ser correspondida. Não conseguiu.
 Estava certa que ele a partir de agora saberia quem era ela, iria lembrar dela de alguma forma.
 Os dias passavam, a dirversão aumentava. Jane passara varios momentos junto a Jack, já era mais amiga dele, confiava e acreditava nele. Comparilhava segredos e sonhos.
 Duas semanas se passaram, era complicado, mas chegou a hora de falar "adeus". Sim, essa pequena palavra foi como uma adaga transpassando o peito de Jane. Não que os dois não pudessem ter contato, elespodem, o problema é que esse contato não podera ser físico por muito tempo; quem inventou o amor esqueceu de acabar com a distância.

Postagens populares

 

Blog Template by BloggerCandy.com